Blog da Pontte

No Blog da Pontte você encontra dicas sobre empréstimo, finanças, empreendedorismo e todas as informações sobre crédito imobiliário.

Como conseguir a aprovação do Financiamento Imobiliário?

Todo mundo sonha com o imóvel próprio quer que a aprovação do financiamento imobiliário aconteça de maneira rápida e sem dores de cabeça. Mas, nem sempre é possível. Vamos ajudar você a entender quais fatores podem influenciar na aprovação ou recusa da sua solicitação. Estes são os tópicos do post de hoje:

  1. Como funciona o financiamento?
  2. Qual a renda mínima?
  3. Como conseguir a aprovação?
  4. Se não for aprovado, o que acontece?
  5. Como funciona o financiamento flexível?

Como funciona o financiamento imobiliário?

É um tipo de empréstimo específico para a compra da casa própria ou imóvel comercial. Tanto bancos como fintechs, construtoras e incorporadoras podem oferecer o crédito imobiliário.

Contudo, é importante estudar as opções disponíveis no mercado, taxas e Custo Efetivo Total da operação. Portanto, se você é novato(a) nesse universo, temos um post aqui no blog que explica direitinho todos os detalhes sobre os tipos de financiamento imobiliário.

Qual a renda mínima para a aprovação do financiamento imobiliário?

Em primeiro lugar, as regras variam de acordo com o tipo de financiamento e da instituição que oferece o crédito. Sendo assim, endividamento, idade e fonte de renda também influenciam na hora da avaliação. Evite comprometer mais de 30% do seu orçamento mensal.

Em segundo lugar, o valor da parcela não pode ser maior do que você pode pagar mensalmente. Todavia, vale lembrar que você pode compor renda com outras pessoas da família, tais como pai, mãe, irmão, esposo(a).

Em suma, o ideal é simular com a empresa ou banco qual será o valor da primeira parcela do seu financiamento e descobrir se ela se encaixa no seu orçamento.

Portanto, aproveite para solicitar já o seu orçamento do Financiamento Flexível da Pontte:

botao-propost-pontte

Como conseguir a aprovação do financiamento imobiliário?

Apesar das dicas para ser aprovado no financiamento, não dá pra afirmar que você terá seu pedido aprovado. As recomendações abaixo podem facilitar o processo, então vale a pena tentar! Veja as dicas e tente organizar a vida:

Verifique se está com o nome limpo checando seu CPF

Portanto, esse aqui é o passo zero! O seu CPF pode estar negativado e você nem desconfia. Por isso, torne um hábito a consulta da situação do seu documento. Certamente, estar com o nome sujo é uma barreira importante na hora da solicitação do financiamento. Regularize!

Então, uma boa dica é fazer o cadastro positivo no Serasa Experian. Assim, se aprovado, seu nome será ser incluído no programa, que é usado por bancos para avaliar condições de endividamento. Além disso, é possível acompanhar o score de crédito para garantir uma boa nota e ter mais chances de aprovação!

Tenha conta e deposite seus ganhos no banco

A maioria das pessoas começa negociando com o banco que já tem conta. Isso pode facilitar a aprovação e o processo de contratação. Mas, antes de falar com o seu gerente, compare com outras ofertas.

Da mesma forma, manter seu fluxo financeiro dentro do banco é uma ótima ideia, principalmente se você é autônomo ou tem mais de uma fonte de renda. Além disso, com o extrato bancário fica mais fácil comprovar renda para o financiamento.

Regularize sua empresa

Ter sua situação de empreendedor individual ou dono de empresa informal regularizada é uma grande vantagem na hora da aprovação do crédito. Então, se você trabalha por conta própria e já tem o MEI, vale consultar se não há dívidas no pagamento das taxas.

Organize e separe cópias e originais da documentação básica

Nem todas as instituições pedem todos os documentos, mas alguns deles são essenciais. Eles podem facilitar o andamento da solicitação, tornando o processo mais rápido. Anote e agilize:

  • CPF;
  • RG;
  • Carteira de trabalho;
  • Comprovantes de renda;
  • Comprovantes de residência;
  • Certidão de casamento (se for o caso);
  • Declaração do IR – Imposto de Renda.

Se o financiamento não for aprovado, o que acontece?

Cada instituição possui critérios específicos para negar um financiamento. Portanto, tente descobrir os motivos da reprovação. Vale checar se você passou alguma informação incorreta na hora do cadastro.

Você até pode solicitar novamente o financiamento na mesma instituição. Se, como resultado, você receber uma nova negativa, não adianta dar “murro em ponta de faca”. Ou seja, busque opções mais flexíveis na comprovação de renda, documentação solicitada e análise do seu histórico financeiro.

Como funciona o Financiamento Flexível da Pontte?

O Financiamento Flexível é um produto criado pela Pontte para atender a pessoas que enfrentam dificuldades tanto na aprovação quanto no processo de contratação de seus créditos imobiliários.

Nossa análise de crédito é personalizada e tudo é feito de forma 100% online. A nossa flexibilidade começa na contratação, mas não acaba quando você assina o contrato.

Assim, você pode escolher o vencimento da parcela, ficar um mês do ano sem pagar e ter até seis meses de carência para o primeiro pagamento. Sendo assim, você tem mais tempo para se programar financeiramente. Gostou da ideia? Peça sua proposta:

botao-quero-financiar

Compartilhe esse texto com os amigos e comente, dê a sua opinião sobre o assunto. 🙂

blog da pontte botão cadastrar na newsletter

Fernando

Fernando

Fernando Miranda é Coordenador de Conteúdo na Pontte. Curioso por natureza, acredita no poder da informação, da colaboração e do empoderamento financeiro como formas de melhorar a vida das pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *