Blog da Pontte

No Blog da Pontte você encontra dicas sobre empréstimo, finanças, empreendedorismo e todas as informações sobre crédito imobiliário.

Custo Efetivo Total: entenda o que é e como ele afeta seu empréstimo!

Quando você decide solicitar um empréstimo e começa a pesquisar, você compara os juros e o valor da parcela. Quem cobra menos juros e tem a menor parcela é a melhor opção, certo? ERRADO! É preciso considerar também o Custo Efetivo Total (CET) do seu empréstimo.

Se você só analisar o valor da primeira parcela, o problema pode ser ainda maior. Neste texto, vamos te explicar o que é Custo Efetivo Total (CET) e por que você precisa ficar atento a isso na hora de solicitar um empréstimo. 

O que é Custo Efetivo Total?

Como o próprio nome já diz, o CET vai mostrar o custo total do empréstimo, ou seja, o quanto você vai pagar de fato pelo dinheiro que está pegando emprestado. 

O CET não só inclui os juros, mas também os impostos, despesas com cartório no caso de operações imobiliárias, taxas administrativas, IOF, seguro, entre outras tarifas. 

Para Que Serve o Custo Efetivo Total? 

o-que-e-como-funciona-cet-em-emprestimos

Como vimos, o Custo Efetivo Total representa o valor final da sua dívida. Ao conhecê-lo, você saberá quanto realmente irá pagar pelo seu empréstimo ou financiamento.

Assim, é possível ter visibilidade de gastos para melhorar seu planejamento financeiro e não se endividar.

O problema é que algumas instituições ocultam certas cobranças e chamam atenção apenas para os juros. O que pode fazer um empréstimo parecer mais vantajoso e barato do que realmente é. 

Por essa razão, é indispensável ficar atento a todos os custos envolvidos nesse tipo de transação. Afinal, pequenas taxas, quando somadas, são responsáveis por encarecer suas parcelas.

Portanto, nem sempre um empréstimo com juros menores é o mais vantajoso, já que as demais taxas podem deixar o custo total da operação maior.

Como Funciona o Custo Efetivo Total? 

Toda instituição financeira é obrigada a informar o CET em qualquer financiamento ou empréstimo, antes da assinatura do contrato.

Portanto, não deixe de conferi-lo para averiguar se realmente concorda com as condições de pagamento.

Além disso, cada agente financeiro tem sua própria política de crédito, por essa razão as taxas que compõem o CET podem variam de acordo com a instituição escolhida e até mesmo conforme o seu relacionamento entre as partes envolvidas.

Quais as Principais Tarifas que Compõem o Custo Efetivo Total?

O Custo Efetivo Total de um empréstimo ou financiamento pode abranger as seguintes cobranças:

  • taxa de juros;
  • taxas de análise de crédito;
  • Tarifa de Abertura de Cadastro (TAC);
  • taxas administrativas gerais;
  • Imposto sobre Operações Financeiras (IOF);
  • tarifas em geral;
  • seguros para garantir pagamento das parcelas em caso de desemprego ou morte do titular.

Lembrando que todas essas taxas e seus respectivos valores devem estar discriminados em contrato.

Como Calcular o Custo Efetivo Total? 

como-calcular-custo-efetivo-total

Ainda de acordo com o Banco Central, a instituição financeira também deve informar o cálculo feito para chegar ao CET.

Contudo, você também pode calcular esse valor por conta própria por meio da fórmula oficial do CMN (Conselho Monetário Nacional):

Veja a legenda da fórmula:

  • FCj: todos os custos cobrados (juros, taxas, seguros, etc.);
  • FC0: valor do crédito, deduzido das despesas.
  • N: prazo do contrato, expresso em dias corridos;
  • J: intervalo entre o desembolso inicial e a data do pagamento das quantias periódicas;
  • Dj: data do pagamento;
  • D0: data de liberação do crédito pela instituição financeira.

O cálculo parece complexo, não é? Para te ajudar, o Banco Central disponibiliza gratuitamente a calculadora do cidadão.

Basta inserir as informações sobre a proposta de empréstimo ou financiamento: prazo de pagamento, taxa de juros mensal e valor da prestação. Assim, você irá descobrir o valor financiado. 

Outra alternativa para realizar esse cálculo de maneira mais fácil é utilizar o Excel. Para o cálculo de CET, vá na aba Fórmulas (ou Função, caso use o Planilhas do Google), clique em Financeiro e depois em Taxa. Preencha os campos corretamente.

A sintaxe da fórmula é: TAXA (numero_de_periodos; pagamento_por_periodo; valor_atual; [valor_futuro; fim_ou_inicio; taxa_estimada]). 

Ou seja:

  • numero_de_periodos: quantidade de pagamentos a serem feitos;
  • pagamento_por_periodo: valor a ser pago por parcela;
  • valor_atual: valor atual da anuidade;
  • valor_futuro: valor futuro restante após o pagamento final;
  • fim_ou_inicio: indica se os pagamentos são feitos no final (0) ou no início (1) de cada período;
  • taxa_estimada: estimativa para a taxa de juros.

O preenchimento das três últimas informações é opcional.

Como Consultar o Custo Efetivo Total?

Você pode consultar o CET no seu contrato. O Banco Central criou em 2007 a resolução CMN 3.517/2007 que obriga toda instituição financeira a informar o CET em qualquer operação de financiamento ou empréstimo. 

Basta solicitar a proposta de crédito à instituição financeira para você receber uma planilha de cálculo com os valores de todos os custos da operação discriminados. Desconfie de qualquer empresa que se recusar a entregar esse documento!

Como o Custo Efetivo Total Impacta Seu Empréstimo?

A maioria das pessoas se baseia apenas nas taxas de juros antes de considerar as alternativas para um empréstimo ou financiamento.

Por essa razão, grande parte dos bancos apenas divulga as taxas de juros para atrair consumidores. Porém, eles podem compensar juros baixos com a cobrança de outros encargos, o que irá encarecer a operação.

Você deve conhecer o CET das suas propostas de crédito antes de assinar o contrato para evitar surpresas desagradáveis. Afinal, as taxas e impostos cobrados impactam diretamente no valor total que você precisará pagar pelo seu empréstimo.

Ao saber qual o custo real de um empréstimo, você conseguirá se planejar melhor para ter certeza de que conseguirá quitar sua dívida, pois será possível definir um valor de parcela que realmente cabe no seu bolso. 

Assim, fica mais fácil evitar atrasos e inadimplências, que geram multas e mais juros, além de aumentar o risco de endividamento. 

Portanto, sempre peça simulações e informações sobre Custo Efetivo Total quando for solicitar um empréstimo e compare as opções disponíveis. 

Dica: Fique Atento aos Valores e Taxas

Ao iniciar as pesquisas, é importante que você faça a comparação usando sempre o mesmo valor e prazo de pagamento, assim, você consegue comparar o CET. A política varia de empresa para empresa e é por isso que as tarifas serão diferentes.

Agora que você já sabe o que é CET, fique ligado ao comparar as taxas. Como dissemos lá em cima, mesmo que uma empresa ofereça uma taxa de juros menor do que outra, se o CET for maior, o empréstimo sairá mais caro. Use essa informação a seu favor na hora de decidir qual proposta é mais vantajosa para você. 

Aqui na Pontte você realiza a simulação do empréstimo e com base nela fazemos uma proposta totalmente personalizada.

Somos contra letras miúdas, asteriscos e 100% transparentes em relação às taxas cobradas. Se por acaso surgir alguma dúvida, nosso time de atendimento está pronto para ajudar. Entre em contato.

Defina quando vai começar a pagar seu empréstimo e ainda aproveite a carência de até seis meses. Faça uma simulação na Pontte!

Conclusão

O Custo Efetivo Total sempre deve ser levado em consideração antes de contratar um empréstimo ou financiamento, pois ele determina o valor real da operação.

Às vezes taxas de juros baixas escondem custos altos. Por essa razão, é importante ficar atento e sempre comparar as propostas de crédito, não apenas o valor dos juros. A atenção aos detalhes te ajudará a tomar a decisão mais vantajosa para você!

Evandro

Evandro

Evandro Diegues é Analista de Marketing na Pontte. Publicitário com experiência em atendimento, deu uma virada na carreira ao entrar na empresa. Quer levar informação de qualidade às pessoas e mostrar que sim, existe crédito justo e saudável no mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *