Blog da Pontte

No Blog da Pontte você encontra dicas sobre empréstimo, finanças, empreendedorismo e todas as informações sobre crédito imobiliário.

Tipos de Empréstimo: quais existem, como funcionam e qual melhor?

Vários motivos levam as pessoas a contratarem um empréstimo. Investir em um negócio, emergências médicas, dívidas de cartão de crédito e por aí vai.

Com tantos tipos de empréstimo disponíveis no mercado é normal que existam dúvidas sobre o assunto.

Neste texto, você encontrará a lista de empréstimos mais comuns do mercado, além das diferenças entre cada um deles. Assim, poderá analisar qual o melhor para seu perfil.

Aqui na Pontte, você define quando vai começar a pagar seu empréstimo e ainda tem carência de até seis meses. Faça uma simulação!

Quais São os Principais Tipos de Empréstimo, Suas Vantagens e Desvantagens?

tipos-de-emprestimo-quais-os-principais

Muitas vezes, a ligação entre os sonhos e as realizações é o fator financeiro. Por essa razão, o mercado oferece diversos tipos de empréstimo que visam facilitar a vida das pessoas.

Os empréstimos também são alternativas interessantes para superar emergências financeiras e conseguir reorganizar as economias.

Contudo, quando não avaliado com cuidado, as chances de enfrentar dificuldades e acabar se endividando são grandes. Afinal, você irá comprometer parte da sua renda para quitar as parcelas depois.

Por essa razão, antes de tomar qualquer decisão, é importante conhecer a fundo os tipos de empréstimo existentes. Somente desta forma você conseguirá fazer uma boa escolha de acordo com suas necessidades.

Vamos lá?

Crédito com Garantia de Imóvel

Nesta modalidade, também chamada de Home Equity pelos especialistas do mercado, você coloca seu imóvel como garantia do pagamento das parcelas.

Como existe um bem atrelado ao pagamento, as empresas que trabalham com esse modelo conseguem cobrar taxas bem menores do que no empréstimo pessoal ou no consignado. São seguramente as menores taxas do mercado. 

Nesse tipo de operação seu imóvel é colocado em alienação fiduciária. Ao colocar seu imóvel como garantia você continua utilizando ele normalmente. Não precisa sair, pode realizar reformas, alugar ou vender.

Além disso, os prazos para pagamento são longos, dá até para comparar com o financiamento de imóveis.

Outra vantagem é a possibilidade de conseguir créditos maiores. Aqui na Pontte, por exemplo, é possível solicitar empréstimos de até 50% do valor do seu imóvel.  

Portanto, se você precisa de um crédito maior para conseguir capital de giro para a expansão do seu negócio, investir na educação dos filhos, realizar uma viagem dos sonhos ou até pagar um casamento, essa é a melhor opção!

Inclusive, esse tipo de empréstimo pode ser solicitado até mesmo por pessoas que estão com o nome sujo.

Portanto, é uma ótima alternativa para trocar dívidas caras por mais baratas, o que ajuda a recuperar a sua saúde financeira e evitar que os juros controlem sua vida.

Empréstimo Pessoal

Dentre os tipos de empréstimo disponíveis, este é o mais comum no Brasil. Nessa modalidade, você procura um banco ou instituição financeira, solicita um valor relativamente baixo e após análise de crédito o dinheiro é liberado, geralmente em menos de 24 horas. 

Essa é a opção mais rápida, prática e acessível para todas as pessoas. Inclusive, pessoas que mantêm um bom relacionamento com instituições financeiras podem até já ter um valor pré-aprovado para solicitar, com base na análise do seu perfil e renda.

Nem tudo são flores. Os juros praticados no empréstimo pessoal costumam ser muito altos, se comparados a outros tipos que falaremos a seguir. A taxa média do empréstimo pessoal em 2020 foi de 6,08% ao mês, segundo estudo feito pelo Procon.

Além do mais, a liberação do crédito está sujeita a aprovação. Geralmente, o valor só é liberado para pessoas que estão com as finanças em dia, ou seja, com o nome limpo.

Empréstimo Consignado

modalidades-de-emprestimo-emprestimo-consignado

É aquele empréstimo que é descontado diretamente do seu salário, pensão ou aposentadoria. Porém, na maioria dos casos, só está disponível para servidores públicos, pensionistas do INSS e aposentados.

Esse é um dos tipos de empréstimo que podem oferecer juros mais baixos, já que o valor das parcelas é descontado diretamente do seus rendimentos.

Contudo, a parcela é limitada a, no máximo, 30% do total que você recebe por mês. Portanto, o valor do empréstimo costuma ser um pouco mais baixo para você não comprometer sua renda.

O consignado pode ser perigoso caso você tenha algum imprevisto. Como o valor da parcela é descontado automaticamente, o seu salário será menor durante todo o período do empréstimo. É importante se planejar bem para não acabar se endividando!

Cheque Especial

O cheque especial está entre os tipos de empréstimo que costumam ter os juros mais elevados do mercado.

Trata-se de um crédito que já está pré-aprovado em conta corrente e é destinado a cobrir o saldo devedor.

A contratação é automática, sem a necessidade de solicitar o crédito ou passar por qualquer análise. Por essa razão, é importante ter muito cuidado para não utilizar esse valor, sem perceber. 

Os juros praticados são altíssimos. Para você ter uma ideia, segundo dados do Banco Central, em abril de 2021, a média de juros no cheque especial era de 117,9% ao ano.

Apesar da facilidade, o cheque especial deve ser evitado ao máximo por conta das taxas altas cobradas pela sua utilização.

Desde o dia 6 de janeiro de 2020, os bancos estão seguindo a nova regulamentação do Banco Central que limitou a taxa de juros do cheque especial a 8% ao mês. É preciso ficar atento pois, após essa resolução, os bancos podem cobrar taxas para disponibilizar essa linha de crédito.

Empréstimo Rotativo

Outro tipo de empréstimo que tem juros exorbitantes. Ele é contratado automaticamente, quando você não paga o valor total da fatura do seu cartão de crédito.

A administradora do cartão paga as compras que você fez e cobra o valor de você no mês seguinte, com juros. 

No último levantamento do Banco Central, realizado em abril de 2021, a taxa de juros para a modalidade chegava a superar os 800% ao ano.

Deu pra perceber que, assim como o cheque especial, esse tipo de empréstimo só deve ser acionado se não existir mais nenhuma outra alternativa.

Antecipação de 13º Salário

O décimo terceiro salário normalmente é pago aos trabalhadores no final do ano, em uma ou duas parcelas. Em casos emergenciais, algumas empresas podem antecipar esse valor aos seus colaboradores, porém não é uma regra.

Por essa razão, instituições financeiras e bancos oferecem a antecipação desse valor. Trata-se de um tipo de empréstimo em que você receberá antecipadamente o valor do seu 13º salário. 

Depois, você irá devolver esse valor com juros. Geralmente, o débito do empréstimo é feito em dezembro, quando os trabalhadores com carteira assinada costumam receber esse benefício. 

Como se trata de um empréstimo que tem o valor de acordo com o seu salário, o montante do crédito é limitado.

Além disso, como há incidência de juros, o valor a ser pago posteriormente será maior do que você receberá como décimo terceiro salário. 

Portanto, só vale a pena adiantar esse benefício em caso de emergências, saúde ou para quitar alguma dívida pequena que passou por acordo e precisa ser paga rapidamente.

Isso porque há pouca flexibilidade na hora de realizar o pagamento da dívida e você precisa quitar o valor na data estabelecida.

Antecipação da Restituição do Imposto de Renda

Esse é um dos tipos de empréstimo similar a antecipação do décimo terceiro salário!

O Imposto de Renda (IR) é um tributo em que os contribuintes que não são isentos devem pagar uma porcentagem dos seus rendimentos ao governo, todos os meses. 

Contudo, na declaração do Imposto de Renda anual, é possível deduzir gastos do IR e solicitar a restituição dos valores pagos, conforme regras estabelecidas pela Receita Federal do Brasil.

Existe um cronograma de restituições, que são pagas conforme prioridades determinadas em lei e envio da declaração.

Se você precisar de dinheiro para alguma situação emergencial, pode solicitar a antecipação da restituição do Imposto de Renda. Trata-se de uma linha de crédito disponibilizada por bancos e financeiras.

Ou seja, assim como ocorre com o 13º, a instituição financeira irá te emprestar o valor da restituição a que você tem direito de forma antecipada. Contudo, depois você precisará pagar esse valor com juros e taxas.

Como a restituição serve como uma garantia de pagamento, os juros tendem a ser menores. Porém, o valor é limitado, já que depende do quanto você tem a receber como restituição.

Além disso, o prazo de pagamento é curto. Geralmente, é necessário quitar a dívida na data que a restituição é efetivada pelo Imposto de Renda.

Crédito Pessoal via Internet

Nos últimos anos, várias empresas surgiram com a proposta de crédito rápido e sem burocracia, com procedimentos feitos totalmente online.

Portanto, esse é daqueles tipos de empréstimo práticos para quem precisa de dinheiro rapidamente.

Contudo, é preciso pesquisar e se certificar de que se trata de uma empresa séria, pois golpes são comuns e todo cuidado é pouco.

A análise de crédito feita por essas empresas é bastante rigorosa. Logo, pode ser que alguns perfis não tenham o crédito aprovado. 

Além disso, não se engane, ainda que seja feito pela internet, trata-se de um empréstimo pessoal. Portanto, como você já sabe, as taxas de juros giram em torno de 6% ao mês e o montante do crédito costuma ser menor.

Por outro lado, é possível encontrar finches e bancos digitais que oferecem contratos mais vantajosos que os bancos tradicionais. 

Crédito Consolidado

Se você tiver várias dívidas no banco, poderá quitá-las por meio de um crédito consolidado. Esse tipo de empréstimo, como o próprio nome sugere, é uma opção que pode ser usada para consolidação de dívidas.

Ou seja, suponha que você tenha dívidas de cheque especial, cartão de crédito e empréstimos bancários. 

Para pagar por todos esses custos, você pode verificar se a instituição financeira fornece crédito consolidado. Em outras palavras, você só precisa pagar uma dívida (que inclui todas as outras dívidas).

A vantagem é a possibilidade de reduzir os encargos financeiros, além de conseguir diminuir o valor da sua dívida e ter mais facilidade na hora de quitar suas obrigações mensais.

Contudo, só pode ser efetivada se você possui várias dívidas em uma única instituição financeira. Já as exigências e requisitos variam de acordo com o banco.

Crédito Estudantil ou Universitário

tipos-de-emprestimo-credito-estudantil-universitario

A modalidade é destinada a estudantes do ensino superior. Trata-se de um tipo de empréstimo em que o aluno contrata uma empresa para arcar com as mensalidades da faculdade. Ao final do curso, ele deve devolver o valor com juros.

Existem duas possibilidades nesta modalidade: o crédito estudantil privado e o FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), que é um programa do governo com taxas de juros menores, mas com vagas limitadas.

Qual Tipo de Empréstimo Devo Escolher?

Após conhecer os diferentes tipos de empréstimo, fica mais fácil descobrir a opção ideal para você. Contudo, a resposta sobre qual modalidade você deve escolher depende das suas necessidades e dos motivos que te levaram a buscar um empréstimo. 

Afinal, o que é mais indicado para uma pessoa, nem sempre é a melhor alternativa para você. Portanto, avalie a modalidade mais vantajosa para o seu caso, as condições de pagamento, as taxas de juros e os prazos. 

Aqui na Pontte, por exemplo, oferecemos crédito com garantia de imóvel com possibilidade de pagamento do empréstimo em até 20 anos! 

Além disso, ainda há flexibilidade para você escolher um mês do ano para pular a parcela, carência de até seis meses para começar a pagar e flexibilidade também no valor das parcelas, caso ocorra um imprevisto no meio do caminho. 

Quer sair das dívidas? A Pontte tem uma solução de crédito com as menores taxas do mercado. Clique aqui e faça a simulação online e gratuita.

Conclusão

Você já conhecia todos esses tipos de empréstimo? Agora que já sabe mais sobre cada um deles, as características, vantagens e desvantagens, fica mais fácil tomar uma boa decisão que não atrapalhe seus objetivos financeiros.

Se tiver alguma dúvida ou quiser saber um pouco mais sobre alguma modalidade, deixe seu comentário.


Evandro

Evandro

Evandro Diegues é Analista de Marketing na Pontte. Publicitário com experiência em atendimento, deu uma virada na carreira ao entrar na empresa. Quer levar informação de qualidade às pessoas e mostrar que sim, existe crédito justo e saudável no mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *