Blog da Pontte

No Blog da Pontte você encontra dicas sobre empréstimo, finanças, empreendedorismo e todas as informações sobre crédito imobiliário.

8 Práticas para Reduzir Custos e aumentar os lucros da sua empresa!

Reduzir custos é uma das preocupações de qualquer tipo de negócio, seja online ou offline. Isso é especialmente necessário em tempos de crise.

O problema é que muitos empreendedores não sabem o que reduzir e muito menos como fazer isso.

No entanto, ao contrário do que muitas pessoas pensam, cortar gastos pode ser uma tarefa simples, basta seguir as estratégias certas.

Além disso, você ainda pode aproveitar as inúmeras funcionalidades oferecidas pela Internet para otimizar tempo, aumentar a produtividade e economizar.

Para te ajudar, separamos oito dicas infalíveis para otimizar os gastos da sua empresa. Acompanhe o artigo e não perca mais dinheiro!

8 formas de Reduzir Custos na sua empresa

Cada ação que ajuda a reduzir custos na empresa é um passo importante em direção ao aumento da lucratividade, o que permite que seu negócio se mantenha no mercado.

Ainda mais levando em consideração que cerca apenas 13,6% das empresas brasileiras continuaram a crescer em 2020, segundo a pesquisa “Pulso Empresa: Impacto da Covid-19 nas Empresas”, realizada pelo IBGE.

E mais: de acordo com o estudo, mais de 700 mil empresas fecharam as portas, e 70% das 2,7 milhões que continuam abertas sofrem com os impactos financeiros.

Portanto, aprender a reduzir custos é uma medida necessária e urgente para que o seu negócio cresça, mesmo fora dos momentos de crise.

Leia também: 7 dicas para pequenas empresas enfrentarem a crise

Agora, vamos às dicas? 

1. Reavalie seu regime tributário

Principalmente nos primeiros anos de existência, as pequenas e médias empresas acreditam que se alocar no Simples Nacional ajudará a economizar dinheiro no final do mês.

O problema é que nem sempre esse sistema é o mais adequado para a sua empresa, o que pode gerar mais custos e até complicações com a Receita Federal.

Por isso, verifique se o sistema tributário da sua empresa é realmente o mais adequado para o volume de seu negócio. Vale a pena procurar um contador neste momento.

2. Automatize tarefas repetitivas

Existem muitas tarefas repetitivas que podem ser facilmente automatizadas, o que ajuda a economizar tempo e dinheiro.

Afinal, os colaboradores alocados nessas funções poderão direcionar seus esforços para outras atividades. 

Além disso, a automação também reduz retrabalhos ocasionados por erros humanos, o que também ajuda a economizar.

Algumas tarefas que você pode automatizar são:

  • emissão de notas fiscais;
  • envio de email marketing;
  • fluxo de trabalho de vendas;
  • gestão de clientes;
  • gestão financeira e contábil.
dicas para reduzir custos

3. Economize energia elétrica 

É possível reduzir custos com energia elétrica ao aproveitar a luz e a ventilação natural e desligar dispositivos não utilizados, como impressoras e monitores — evite deixá-los em espera.

Trocar lâmpadas fluorescentes por LED e instalar sensores que acendam as luzes apenas quando houver pessoas na sala são outras ações eficientes.

Esses tipos de medidas simples e de baixo investimento podem produzir resultados significativos.

4. Digitalize

Sua empresa ainda guarda documentos impressos? Essa ação pode gerar prejuízos, como gastos com papel, impressão e armazenamento. 

Portanto, considere armazenar todas as documentações na nuvem. Além de economizar, é mais seguro, pois possibilita realizar backups para evitar perdas de informações e proteger dados sigilosos por criptografia.

O armazenamento de dados na nuvem ainda permite acessar informações de qualquer lugar, o que gera mais autonomia para a empresa.

Além disso, no caso de contratos, já existem soluções no mercado para assinatura digital que são confiáveis, seguras e de baixo custo.

5. Analise seus fornecedores e, se for necessário, troque-os

Uma das maneiras mais diretas e fáceis de reduzir custos é negociar com fornecedores. Se você tem um bom relacionamento, realiza pesquisas de produtos, discute prazos e quantidades, pode obter descontos que impactarão diretamente no seu caixa. 

Mas, lembre-se de garantir que o fornecedor te abasteça com matérias-primas de qualidade. Afinal, se o produto final causar prejuízo ao consumidor, não é vantajoso realizar essa mudança.

6. Estimule a cultura da economia de custos

Quando você estimula uma cultura de economia dentro da empresa, toda a equipe deve entender a situação. Assim, ambas as partes trabalharão juntas para reduzir custos e permitir o crescimento da empresa.

Para isso, você pode propor ações internas sobre o tema, como reuniões de equipe, treinamentos e seminários, para que todos possam entender a situação e propor soluções.

Inclusive, com essa ação, a sua equipe pode fornecer dicas valiosas para economizar que você nunca pensou.

7. Adote o home office ou modelo de trabalho híbrido

Verifique quais profissionais podem realizar atividades em casa e adotar esse modelo de trabalho que foi tão importante durante a pandemia da Covid-19.

Sua empresa pode reduzir custos de infraestrutura, por exemplo, ao alugar um espaço menor, além de diminuir gastos com energia elétrica, transporte de funcionários, limpeza e alimentação, o que terá um impacto financeiro positivo.

Essa também é uma forma de proporcionar maior qualidade de vida à sua equipe, que terá mais tempo livre, o que contribui para o aumento da produtividade.

O único cuidado é ter infraestrutura técnica suficiente para garantir um bom fluxo de trabalho e qualidade na comunicação entre os profissionais.

Se sua empresa ainda não estiver pronta para ser 100% home office, considere o modelo híbrido.

Você pode determinar que apenas as reuniões importantes serão presenciais ou realizar revezamento de equipes presenciais.

8. Substitua dívidas caras por mais baratas

Por fim, outra maneira eficaz de economizar é diminuir os gastos que a empresa possui com juros de empréstimos.

Para isso, você pode fazer uma renegociação de dívidas ou trocá-las por despesas mais baratas, com taxas de juros menores. Assim, você conseguirá fugir dos juros altos e economizar.

Juros rotativos do cartão de crédito e dos cheques especiais, por exemplo, são altíssimos e tendem a se acumular e deixar a dívida cada vez mais elevada. 

Por outro lado, o empréstimo com garantia é considerado a modalidade mais vantajosa para realizar a substituição de dívidas.

Os juros são os mais baixos do mercado, os prazos são mais longos e as condições de pagamento são melhores. 

Portanto, pode ser aquele fôlego que você precisa para recuperar a saúde financeira da sua empresa e voltar a crescer.

Aqui na Pontte define quando vai começar a pagar seu empréstimo e ainda tem carência de até seis meses. Faça uma simulação!

8 dicas para colocar em prática para reduzir custos

Conclusão

Reduzir custos é uma ação necessária em todos os tipos de empreendimento, pois permite melhorar a lucratividade e manter o crescimento do negócio.
Com nossas dicas, você poderá aplicar estratégias que farão grande diferença no caixa da sua empresa e que te ajudarão a passar por tempos de incertezas.

Fernando

Fernando

Fernando Miranda é Coordenador de Conteúdo na Pontte. Curioso por natureza, acredita no poder da informação, da colaboração e do empoderamento financeiro como formas de melhorar a vida das pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *