Blog da Pontte

No Blog da Pontte você encontra dicas sobre empréstimo, finanças, empreendedorismo e todas as informações sobre crédito imobiliário.

Blog da Pontte - Fintech de Crédito 100% Online

Qual a importância da conta PJ para o futuro da sua empresa?

Por não termos uma lei que obrigue as empresas a terem uma conta PJ, muitos empreendedores não se atentam à importância dela. Hoje pedimos espaço no Blog da Pontte para esclarecer a importância de ter uma conta PJ para o futuro da sua empresa.

Post feito em parceria com o Linker.

Hoje não existe uma lei que exija que as empresas tenham uma conta PJ. Mesmo sem essa obrigatoriedade, é essencial ter uma conta para separar e organizar os gastos da empresa. Sem esse controle, além de não ter acesso a soluções para o seu negócio, você pode se deparar com questões jurídicas caso não faça uma separação clara entre os gastos pessoais e corporativos. 

Não é raro encontrar empreendedores que usam a mesma conta para recebimentos e transações tanto pessoais quanto da empresa. Não ter uma separação clara pode gerar empecilhos financeiros ao negócio  e a seus sócios.

Para que você tenha clareza da importância desta separação, vamos apresentar os 3 pontos mais relevantes:

1 – Proteção

Empresas e sócios são considerados entidades diferentes. O fisco, autoridade que controla e fiscaliza o cumprimento da legislação tributária, irá aplicar obrigações diferentes para você e sua empresa. Assim, você e seus sócios podem contar com uma proteção do patrimônio pessoal.

Caso não haja uma separação clara de recebimentos e gastos entre você e sua empresa, o fisco entenderá que não existe motivo para tratar os dois como entidades distintas. Nesse caso, se configura a prática da Confusão Patrimonial. A Lei nº 13.874, que entrou em vigor no dia 20 de setembro de 2019, derruba a proteção dos bens pessoais nos casos em que as entidades não apresentem uma separação clara. 

Com isso, a conta PJ irá garantir a proteção dos bens pessoais dos sócios e manter uma boa relação com o fisco. A conta PJ também irá concentrar todas as entradas e saídas da empresa e qualquer pagamento ou gasto pessoal deverá ser feito diretamente pela conta de cada sócio.

2 – Recebimento

Ao prestar serviço ou vender produtos, muitas empresas estipulam que o pagamento seja efetuado apenas em uma conta PJ. Muitos empreendedores acabam esquecendo dessa exigência e  se dão conta de tal regra apenas na hora do recebimento. 

Por isso, esses empreendedores podem não receber por seu serviço prestado ou produto vendido até que tenham uma conta no nome da empresa. 

Nesse caso, a conta PJ irá garantir que você receberá de seus clientes e que esse recebimento seja registrado de forma correta para ambas as partes. Ele poderá  ser feito por boleto bancário ou transferência, por exemplo.

3 – Facilidade de crédito

Empresas precisam de capital para crescer e hoje existem muitas linhas de crédito diferentes disponíveis no mercado, com foco nas necessidades de cada negócio e considerando suas diferentes características. Como estamos falando de crédito, é essencial ter um registro da saúde financeira da sua empresa para que a oferta faça sentido para a realidade do negócio. 

Sendo assim, ter uma conta PJ pode facilitar o acesso ao crédito pela sua empresa e irá trazer mais segurança para a operação. Com isso, você pode ter juros mais baixos e maior prazo para pagamento. 

Busque alternativas

Ao contratar uma linha de crédito para a sua empresa, o banco ou financeira responsável pela operação poderá exigir uma conta PJ para depositar o valor contratado. Não ter a conta no nome da sua empresa pode fazer com que a operação seja negada. 

Lembramos aqui sobre o primeiro ponto: como um banco ou financeira que está fechando uma contratação de crédito para uma empresa irá depositar na conta de uma pessoa física?

Agora que você já sabe por que a conta PJ é tão importante para o seu negócio, saiba  que existe uma forma fácil e sem burocracia de ter uma conta PJ.

De forma 100% digital, você tem acesso a todos os serviços bancários que precisa (como pagamento e transferências, por exemplo) de forma prática e com acesso por aplicativo ou internet banking. A conta digital PJ ainda traz redução de custo para a empresa e funcionalidades que muitas vezes são restritas para muitos empreendedores, como o cartão corporativo.

Curtiu o artigo? Deixe seus comentários!

*Este texto foi escrito por Ingrid Barth, COO e cofundadora do Linker. 

O Linker oferece soluções financeiras focadas nas necessidades da sua empresas. Conta PJ e cartão corporativo sem taxa de abertura, mensalidade e tarifas abusivas. Conheça a conta da nova geração de empreendedores.

Evandro

Evandro

Evandro Diegues é Analista de Marketing na Pontte. Publicitário com experiência em atendimento, deu uma virada na carreira ao entrar na empresa. Quer levar informação de qualidade às pessoas e mostrar que sim, existe crédito justo e saudável no mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *